Visiting the amazon rainforest can be an unforgettable adventure and the most relaxing holiday you can imagine.travel lodges amazon river tours amazon rainforest tours amazon eco tours plants that live in the amazon rainforest Our travel club offers you a variety of ecotours planned to take you into the most exotic and unique experience inside peruvian tropical rainforest, come fishing into the majestic amazon river, one of the seven world's natural wonderamazon river tours peru amazon river vacation amazon river vacations amazon contact us dangerous plants in the amazon rainforest where inhabit the most abundant animal wildlife and plant biodiversity. We will host you in our travel lodge a rustic wooden camp but comfortable enough to admire wonderful naturalamazon rainforest trips amazon rainforest holidays amazon rainforest tour amazon river tour amazon king lodge cheap travel lodge amazon eco tours & lodge trips to the amazon rainforest landscapes, where nothing but 20 meters separate us from the sounds of the quieting jungle. amazon rainforest holiday eco tours peru cheap holidays to peru amazon river trip rare animals in the amazon rainforest It's both a chilling and exhilarating sensation, hearing but not seeing the wild animals that roam outside. amazon river culture amazon rainforest ecotourism amazon river holidays amazon river tours brazil amazon river travel ecotourism amazon rainforest eco tours The Amazon River is one of the largest rivers of the world and the greatest river of South America. It is 4,000 miles long, about 6,400 km. It is the second largest river in the world and the flow is the world largest by far. It is also one of the deepest rivers. Beginning in the high Andes Mountains in Peru, it flows to Atlantic Ocean through Venezuela, Ecuador, Colombia, Bolivia, Guiana, Suriname and Brazil. french guiana vacations amazon rainforest tourism amazon river trips cheap tours to peru travel the amazon amazon rainforest trip These river systems in these five countries are called the Upper Amazon. So far, the Amazon River proper flows mostly in Peru and Brazil. The Amazon River was discovered by Franisco de Orellana, who is an explorer, in 1541 after descending the river from Quito, Ecuador, to the Atlantic, visit amazon rainforest boras vacations cheap lodges visit the amazon rainforest best eco tours holidays in the amazon rainforest Orellana claimed to have seen women tribal warriors, and he named the river Amazonas for the women warriors of Greek mythology. The Amazon is a good place to Explore and Tour. More than one-third of all species in the world live in the Amazon Rainforest. Moreover, the Amazon River has over 3,000 recognized species of fish and ecotours brazil best amazon tours amazon river tribes brazil rainforest tours that number is still growing. However, fishing might reduce the number of fishes in this river. The Amazon River is a natural wonder of the world. It is not only a largest river, it is also the deepest river of the world. Thus, it is very easy for boating and shipping. amazon rainforest vacation amazon rainforest vacations amazon river plants holiday to amazon rainforest So trading between countries will be easier. The Amazon River also used for drinking and bathing.
LOGO
  • Home  /
  • Política & Responsabilidade

Política & Responsabilidade:

Considerando a grande quantidade de diferentes discursos/práticas/experiências vivenciadas por pessoas trans*, este blog e autorxs entendem que nenhum discurso é universal. Todo discurso que se quer universal automaticamente se torna violento por forçar uma definição padrão a um conjunto de sujeitos com base em uma suposta universalidade identitária.

Nas palavras de uma dos membros do TF, Nicholas Rizzaro:

“(…) o problema é que qualquer pessoa que se proponha a ser a voz universal de um conjunto de outras pessoas – a voz una de um movimento, de um grupo, de uma população toda – vai estar cometendo uma violência absurda contra qualquer sujeito que faça parte de tal população e não se encaixe na mesma narrativa específica (…) As experiências trans e as demandas trans variam, sim – o ponto de convergência e que realmente importa é que TOD@S DEVEM TER ACESSO ao que precisam para poderem desfrutar de vidas plenas e dignas. Ponto.”

Dessa forma, não temos objetivo de falar por todas as pessoas trans*. No entanto, acreditamos que o ponto de convergência, além do citado por Nicholas Rizzaro, também incorpora o fim da discriminação cissexista/transfóbica e a luta por uma vida mais digna/humana para todas as pessoas trans*.

Assim, o conteúdo aqui exposto é fruto de nossas experiências como sujeitos trans* somado a uma pequena carga teórico-ativista que objetiva também romper com estereótipos. Como sujeitos trans*, compartilhamos nossa própria experiência e visão sobre as diferentes demandas ativistas trans*, bem como a(s) discriminação(cões) sofridas por nós e por outra(s) pessoa(s) trans*.

Todavia, não podemos ignorar as diferentes posições, demandas e experiências de diferentes pessoas trans*, até por levar-se em conta a interseccionalidade de outros elementos identitários marginalizados como raça, espaço geográfico, condição social financeira, deficiências* físicas e afins.

Por fim, convém dizer que o discurso empregado nesse blog configura um tipo de ativismo ou teoria com base no que se convencionou chamar de transfeminismo, porém mesmo dentro do chamado transfeminismo existem diferentes posições e discursos que podem se aproximar ou não do conteúdo do blog. Geralmente, o conteúdo é produzido com base em um conjunto de teorias e discursos que configuram o “nosso” transfeminismo, como por exemplo, o próprio feminismo, teoria queer, estudos de gênero, elementos de teorias sociais, linguística, teorias da linguagem, etc.

*Estamos cientes que termo deficiência é um termo que soa discriminatório, pois uma pessoa só é “deficiente” se considerarmos que as outras são “eficientes” em seus corpos, sendo tal “eficiência” uma norma social padrão.

*Esse texto configura uma espécie de “guia” para mapear o que o blog propõe e quais são os conteúdos relacionados, ainda que não seja objetivo. Como relatado, estamos trabalhando em uma Linha Editorial para mapear objetivamente o conteúdo do blog.