LOGO
LUTO, PELO SR. LOURIVAL rede globo fantastico Full view

LUTO, PELO SR. LOURIVAL

Por Leonardo Peçanha.

LUTO, PELO SR. LOURIVAL

Por essas e outras que a Rede Globo nunca me enganou. Como pode fazer uma reportagem bizarra e ridícula como essa do Sr. Lourival que não pode ter direito nem a morte e a um enterro digno simplesmente por ser um homem trans.

Está obvio que é um homem trans e que estava vivendo sua vida da forma como ele pode e soube viver. Era um homem mais velho, idoso e não deve ter tido acesso as informações que se tem hoje sobre transmasculinidades e homens trans.

Bastou ele morrer e associarem o genital dele ao corpo biológico e a vida dele passou a ser uma farsa.
Usaram palavras como: “desmascarado”, pra justificar.

O Sr. Lourival é a prova que homens trans sempre existiram, mas nossa existência foi invisibilizada.
Como ele deve ter muitos por aí.

Cadê aquelas reportagens sobre pessoas trans que a Globo fez, inclusive no Fantástico? Não serviram de nada? Tinha que fazer uma matéria transfóbica e completamente sem fundamento, naturalizando a invisibilização dos homens trans nesse país.

Sr. Lourival, foi um homem e que viveu como tal, mas seu corpo, que se quer pode ser enterrado, pois é ininteligível, ali para aquelas pessoas. Que falta de respeito com o ser humano…

Parem de invisibilizar e relativizar homens trans e pessoas transmasculinas.

São por reportagens como essa, são naturalizações de invisibilizações transmasculinas, que homens trans são os que mais estão se suicidando (lê-se assassinato por transfobia social) dentre o segmento T.

A família dele passou a não reconhecê-lo, simplesmente por conta de detalhes corporais que evidenciaram que ele não era um homem cis. Que família é essa?
O que essa família vai fazer com os anos de amor e dedicação que Sr. Lourival dedicou a filha e familiares?

Sobre a esposa dele, a reportagem foi muito cruel, ao dizer que tinham um “acordo”, mas que não eram um casal. Pelo fato de não ter um pênis cisgênero? Pelo fato dele usar faixas compressoras? Homem trans não pode ter acesso a afeto e amor e conviver durante 40 anos com uma companheira?

Todas as características que falaram sobre Sr. Lourival, é muito comum aos homens trans.

Chega de desrespeito e transfoia transmasculina…

Nem sei mais o que dizer, viu…

Não tenho entrado muito no face, pois prezo muito minha saúde emocional, aqui está um local bem complicado, mas ao ver a reportagem bizarra, tive que vir aqui falar.

Cansado de tanta invisibilidade.

HOMENS TRANS E PESSOAS TRANSMASCULINAS EXISTEM, QUER VOCÊS QUEIRAM, QUER NÃO!

SEGUIREMOS!!!

Imagem: Rede Globo.

Written by Beatriz

Leave a comment