LOGO
Mulheres trans também são mulheres biológicas ciborgue Full view

Mulheres trans também são mulheres biológicas

Por Yuna Vitória.

Quando dizemos que mulheres trans também são mulheres biológicas, que essas dicotomias natural x artificial, inato x construído, normal x anormal foram edificadas para manter a cisgeneridade em seu lugar de dominação e produção da verdade humana primeira, estamos justamente denunciando que esse sistema não é um dado posto pela natureza, mas uma armadilha ideológica cisnormativa que nos prende a uma noção de que algumas mulheres são biologicamente mulheres e outras são mulheres apenas socialmente ou psicologicamente. Assim se criam dois universos, um que traduz uma mulherilidade sexual e outra que traduz uma mulherilidade psicossocial, como se todas as mulheres não passassem por processos de autoidentificação e construção de suas identidades de gênero. Pensa-se a mulher cis como “mulher desde sempre”, enquanto a mulher trans é aquela que materializa a máxima beauvoiriana do tornar-se mulher. Acontece que toda mulher é biológica porque todo corpo sexuado humano é biológico. E todo corpo sexuado humano passa por processos de construções identitárias de gênero com base na relação que desenvolve com o próprio corpo e o mundo. 

Não somos virtuais ou cibernéticas. Nossas identidades de gênero se constróem através de mecanismos de reconhecimento e subjetivação do sistema de inteligibilidade de um “ser mulher” plural tal como ocorre com as mulheres cisgêneras, com a diferença que não temos o discurso do corpo ao nosso favor desde o nascimento para que essa identidade seja juridicamente e culturalmente legitimada perante a sociedade e o Estado.

E o que as pessoas ignorantes acerca da temática entendem quando dizemos isso?
Que estamos indo contra a biologia. 

Que cromossomicamente uma mulher trans sempre será XY.

Que não dá pra apagar as diferenças sexuais.

E tudo isso prova que, para além dos brasileiros não compreenderem nada sobre sexo, corpo, sexualidade e identidade, sobremaneira isso nos mostra como uma pseudobiologia da qual todo mundo repentinamente é especialista se tornou a religião da nova era.

Written by Beatriz

Leave a comment